noticias

No mês em que se completa um ano de morte do músico Fernando Brant, nós abrimos o Baú da Virada para relembrar um momento marcante. Morto três meses antes, em decorrência de uma complicação cirúrgica, Brant foi homenageado na abertura oficial da Virada de 2015 em um memorável show na praça da Estação. Com o tema “Vendedor de Sonhos” o tributo ao poeta, compositor e fundador do Clube da Esquina levou ao palco renomados nomes da cena musical mineira e nacional como Flávio Henrique, Thiago Delegado, Robertinho Brant, Murilo Antunes, Marina Machado, Trio Amaranto, Renegado, Aloízio Horta, Toninho Horta entre outros.

Assita aos vídeos e relembre um pouco desta noite memorável da Virada Cultural de BH 2015.

O que não faltou foram novidades na 3ª edição da Virada. A diversidade cultural, marca registrada do evento, agitou e agradou aos mais variados públicos, com shows de sertanejo, pagode, música popular brasileira e heave metal. O ponto alto ficou por conta da apresentação especial da banda mineira Sepultura, que subiu ao palco da Praça da Estação para comemorar 30 anos de carreira.

Em 2015, a Virada Cultural teve cerca de 600 atrações e um público calculado em 500 mil pessoas. O evento é uma realização da Prefeitura de Belo Horizonte por meio da Fundação Municipal de Cultura, conta com o apoio de diversos parceiros públicos e privados, bem como de todos os integrantes da Associação dos Amigos do Museu Histórico Abílio Barreto (AAMHAB).

Vendedor de sonhos