noticias

slu na virada

A Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) vai se utilizar da arte-educação para falar de lixo com poesia, durante a quarta edição da Virada Cultural de Belo Horizonte, neste fim de semana (9 e 10/7). Tudo acontecerá em uma tenda montada no Parque Municipal, ao lado do teatro Francisco Nunes. Um caminhão minicompactador de coleta, projetado para atender a áreas de difícil acesso, como vilas e aglomerados urbanos, estará em exposição. Crianças e adultos poderão conhecer seu funcionamento e tirar fotos com os garis.

Os visitantes também receberão explicações sobre o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de BH (PMGIRS), em fase de elaboração na capital. Frases alusivas ao PMGIRS, dispostas em painéis, irão convidar a população a refletir sobre a limpeza urbana, reforçando a ideia de que cidade limpa é sinônimo de cultura. Crianças admiradoras dos garis, que ganharam festas de aniversário sobre o tema, visitarão a montagem no domingo (10), às 10h, e se encontrarão com seus ídolos. Além disso, serão expostos trabalhos artísticos produzidos por alunos de duas Unidades Municipais de Educação Infantil da capital (Umeis), que abordam, pelo olhar infantil, o dia a dia do gari e a dinâmica de recolhimento do lixo.

A técnica do Departamento de Políticas Sociais e Mobilização da SLU, Elania Pinheiro de Matos, explica que, por meio da atividade intitulada “Por trás da coleta, por dentro do caminhão”, os participantes da Virada poderão compreender as especificidades do equipamento e como ocorre a destinação dos resíduos sólidos, que não desaparecem magicamente de nossa calçada. “Com frequencia, a SLU recebe demandas de pais interessados em homenagear os garis em festas temáticas de seus filhos, o que nos dá a certeza de que o caminhão e a alegria dos profissionais da limpeza urbana povoam o imaginário infantil”, observa a educadora ambiental.

Ouça a participação da SLU na Rádio Virada e saiba mais informações: